Batismo do Senhor

Inauguração de um novo tempo

O batismo de Jesus é o ponto inicial do evangelho e dos evangelhos. A palavra grega evangelho significa boa notícia. Daí veio o título dado aos quatro livros que nos apresentam as diferentes faces de Jesus.É o ponto inicial dos evangelhos porque foi por aí que começou o Evangelho segundo Marcos, o primeiro dos quatro, dando a entender que preparação do Batista era o “começo da boa notícia do Messias Jesus”.

É o ponto inicial do evangelho porque a “boa notícia do Messias Jesus” ou “do reinado de Deus” tem início ou começa a se divulgar a partir do momento em que Jesus se faz discípulos do Batista. Se, no contexto do império romano, evangelho era a “boa” notícia da chegada do imperador ou do reinado de Roma a determinado lugar, agora significa a boa notícia da chegada de Jesus e do reinado de Deus.

Hoje sofremos com reinado do dinheiro e da competição. Ai dos vencidos, dos incompetentes. Até a natureza vai sendo arrasada pela cobiça. O reinado de Deus é boa notícia porque é diferente, é outra coisa, aponta em outra direção. É o reinado da vida, da alegria de servir e dar a vida em favor de todos; é o reinado da mesa universal de irmãos, a qual celebramos na eucaristia.

Tu és meu filho

Isaias 42,1-4.6-7 : Primeiro canto do Servo de javé : “ Meu servo ao qual dou toda minha afeição” – O servo de que fala Is 42,1-9 primeiro Cântico do Servo de javé é uma misteriosa figura profético-real. Recebe a missão de anunciar a todos a misericórdia e a fidelidade de Deus. Para isso recebe o espírito de javé. Mais adiante encontraremos esta figura como “servo Padecente” (Is 53,13-53,12), sofrendo pelos pecados de todos. O NT vê em Jesus aquele que levou à plenitude estas figuras. A palavra de Deus, no Batismo de Jesus, lembra Is 42,1 (Mt 3,19).

Lucas 3,15-16.21-22 : O batismo de Jesus segundo Lucas – A atividade de João Batista fez surgir esperanças messiânicas. Mas o verdadeiro “forte de Deus” está escondido na multidão dos que aderem ao movimento: Jesus em oração, recebe a missão de ser o Filho de Deus, “rei forte” e fundador da paz do mundo.

Atos 10,34-38 : Início do “querigma cristão”: o batismo de Jesus – A pregação de Pedro representa o anúncio do evangelho nos primeiros tempos do cristianismo; por Jesus, Deus deu a “paz” ao mundo. Jesus recebeu o batismo o batismo de João. Deus lhe mandou seu espírito, “ungiu”- o como Messias (ungido), atestou-o como seu filho. 10,34. Dt 10,17

O batismo de Jesus é o início de sua vida publica. Começa aqui a missão de Jesus. Podemos aproveitar este domingo para fazermos duas reflexões: a primeira é desde o nosso batismo tenho procurado viver a missão que Deus me deu, isto é eu tenho colaborado nas suas obras? Segunda é como temos batizados os nossos filhos, escolha dos padrinhos, vida de igreja?

<< Voltar