Prefeito e Vereadores e suas funções

Prefeito – Qual é o seu papel específico?

É o chefe do Poder Executivo local: cabe a ele, entre outras tarefas, a administração geral do município.

Deve governar a cidade de forma conjunta com os vereadores atendendo às necessidades da população, em especial dos mais carentes e não se guiar meramente por interesses de grupos particulares. Deve manter contato com a comunidade dialogando com as organizações sociais.

Deve elaborar um programa voltado às necessidades de todos, priorizando a distribuição da riqueza e da renda para melhorar a qualidade de vida;  tornar público e transparente o uso dos recursos do município; apresentar projetos de lei que visem o bem comum; possibilitar a participação; respeitar a valorizar os conceitos municipais como mecanismos de participação ativa na gestão e execução de políticas públicas.

Ao prefeito cabe implementar e apoiar ações votadas à geração de empregos e melhoria na qualidade de vida do município.

Vereador: Qual o papel especifico?

Acompanhar o dia a dia das comunidades para conhecer de perto a realidade do povo e suas necessidades. Elaborar e votar leis que sejam de interesse do povo e atendam às necessidades da comunidade.

Fiscalizar as ações do prefeito, secretários e administradores regionais. Acompanhar e fiscalizar as licitações.

Ser um membro ativo na Câmara Municipal favorecendo o debate de ideias e projetos, para que não prevaleça o pensamento do mais forte, mas a proposta com maior adesão.

Discutir, aprovar e fiscalizar o orçamento do município denunciando o uso indevido dos recursos.

Lutar pela transparência e democratização da Prefeitura e Câmara Municipal.

O que não deve fazer um Vereador?

Assistencialismo social: fornecer  brindes, óculos, cadeira de rodas, melhorias para a casa, cestas básicas, consultas médicas, remédios e uma série de outros serviços que lhe garantam a reeleição. Em muitos casos, o vereador engana o eleitor utilizando-se dos serviços públicos para fornecer benefícios, como se fossem dados por ele.

Tem sido comum nos municípios, o vereador se manifestar, inicialmente, de oposição ou independente, e logo mudar, em troca de favores do prefeito. A partir de então, vota cegamente em tudo o que o prefeito apresenta. Essa é uma atitude danosa para a população das cidades.

<< Voltar