Santíssima Trindade

Quem é Deus?

Festa da Santíssima Trindade, festa  da comunidade. A Trindade, comunhão perfeita, é o ideal da comunidade cristã. A  Trindade existe para se relacionar com a humanidade. Perguntando-nos quem é Deus temos a resposta de quem é o ser humano. Deus é aquele que deseja se encontrar com a comunidade, revelando-lhe seu amor e fidelidade, caminhando com  a comunidade, revelando-lhe seu amor e fidelidade, caminhando com ela, abrindo-lhe o acesso à libertação (I leitura) e à vida em plenitude (evangelho). Aceitar Deus é possuir a vida , é comprometer-se com seu projeto de liberdade e vida para todos. O Deus de amor está presente na comunidade cristã – o corpo de Cristo – chamado-a à comunhão e solidariedade perfeitas, mediante a comunhão do Espírito (II leitura). A Comunidade Trinitária é o futuro da comunidade cristã. Só ela pode garantir vida plena, capaz de superar inclusive a morte.

Exôdo 34,4-6.8-9 – Deus é amor e fidelidade – Moisés procura a todo custo que Javé continue no projeto de libertação: antes, ele defendeu o povo (cf. 32,11-14); agora, procura atrair a misericórdia de Javé. Os vv. 6-7 fazem uma apresentação do Deus da aliança: a aliança é uma relação de amor fiel, na qual Deus se manifesta através da compaixão e piedade. Isso, porém, supõe a relação de justiça, que faz o homem experimentar a conseqüência de suas opções e atos.

João 3,16-18 – Deus é amor que salva e comunica a vida plena .  Deus não quer que os homens se percam, nem sente prazer em condená-los. Ele manifesta todo o seu amor através de Jesus, para salvar e dar a vida a todos. Mas a presença de Jesus é incômoda, pois coloca o mundo dos homens em julgamento, provocando divisão e conflito, e exigindo decisão. De um lado, os que acreditam em Jesus e vivem o amor, continuando a palavra e a ação dele em favor da vida. De outro lado, os que não acreditam nele e não vivem o amor, mas permanecem fechados em seus próprios interesses e egoísmo, que geram opressão e exploração; por isso estes sempre escondem suas verdadeiras intenções: não se aproximam da luz.

2 Coríntios 13,11-13 –  Deus é  a comunhão que se manifesta na comunidade cristã. O texto é a conclusão de 2Corintios  ,  carta que , na forma  atual , contém diversas cartas de Paulo escritas em ocasiões diferentes e com motivações diferentes. Lendo-a pode-se perceber o estado de ânimo do agente de pastoral, suas convicções e lutas.  Por outro lado, a carta revela também as peripécias da comunidade cristã, os avanços e recuos, as alegrias e sofrimentos, a necessidade constante firme no projeto de Deus.

<< Voltar