VISITA MISSIONÁRIA DA CRUZ PEREGRINA E O ESTANDARTE

A Cruz e o estandarte da missão são postos num local preparado (uma mesa) com uma vela acesa, flores e água benta.
01. ACOLHIDA

D./ Estamos acolhendo a Cruz Peregrina e o Estandarte da Missão em nossa Arquidiocese, peçamos que a Paz do Senhor Vivo e Ressuscitado esteja no coração de TODOS os presentes! No dia do nosso Batismo, fomos assinalados com o sinal da cruz, para significar que somos cristãos e pertencemos a uma comunidade que acredita e adora a Deus em espírito e em verdade. Portanto, como todo o amor e respeito, invoquemos a Santíssima Trindade traçando sobre nós, o Santo Sinal da Cruz.

TODOS: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

D./ Irmãos e irmãs, para reavivar a consciência batismal, o Papa Francisco proclamou para toda a Igreja um tempo fecundo de missão com o tema “batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo”. Trata-se de pôr a missão de Jesus no coração da Igreja transformando-a em critério para medir a eficácia de suas estruturas, os resultados de seu trabalho, a fecundidade de seus ministros e a alegria que eles são capazes de suscitar.
TODOS: Ide pelo mundo inteiro, pregai o evangelho a toda a criatura!

D./ À frente desta missão está a Cruz, sinal de vida, comunhão e missão. Ao contemplarmos a cruz, estamos lembrando que nela se realizou o mistério de amor.

TODOS: Com que Cristo amou a sua Igreja.

D./ Ao saudarmos a cruz, recordamos que Cristo, com seu sangue, afastou toda divisão.

TODOS: E constituiu, com povos diversos, um só povo de Deus.

D./ Ao venerarmos a cruz, meditamos sobre a nossa condição de discípulos de Cristo.

TODOS: E carregamos a nossa cruz: certeza de nossa vitória! Aleluia!

02. CANTANDO A MISSÃO

1. Eu venho do Sul e do Norte. Do Oeste e do Leste, de todo o lugar. Estrada da vida eu percorro, levando socorro a quem precisar. Assunto de paz é meu forte, eu cruzo montanhas e vou aprender. O mundo não me satisfaz, o que eu quero é a paz o que eu quero é viver.

No peito eu levo uma cruz, no meu coração, o que disse Jesus. (bis)

2. Eu sei que eu não tenho idade da maturidade de quem já viveu, mas sei que eu já tenho a idade de ver a verdade o que eu quero é ser eu. O mundo ferido e cansado de um negro passado de guerras sem fim, tem medo da bomba que fez, a fé que desfez mas aponta pra mim.

3. Eu venho trazer meu recado, não tenho passado mais sei entender. Um jovem foi crucificado por ter ensinado a gente a viver. Eu grito ao meu mundo descrente que eu quero ser gente, que eu creio na cruz. Eu creio na força do jovem que segue o caminho de Cristo Jesus.

D./ O envio dos discípulos para todos os povos sintetiza a missão além fronteiras da Igreja, de “ir” a todas as nações para que elas conheçam o projeto de Deus e se tornem também seguidoras destes projetos, “discípulos missionários”.

TODOS: Ide e fazei discípulos todos os povos!

L./ O Papa Francisco quer animar todos os fieis para que tenham verdadeiramente a peito o anúncio do evangelho e a transformação das suas comunidades em realidades missionárias e evangelizadora aumentando o amor pela missão.

T./ Que possamos vencer a tentação de nos fecharmos em nós mesmos, de sermos pessimistas e acomodados, e, com a ajuda do Espírito Santo, possamos nos abrir à alegria do Evangelho!

03. PALAVRA DE DEUS – Mt 28,18-20

Canto:

1. Vai falar no evangelho, Jesus Cristo, aleluia! Sua Palavra é alimento que dá vida aleluia!

REFRÃO: Glória a ti, Senhor, toda a graça e louvor! (bis)

L./ Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Ide pois, fazei discípulos todos os povos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Ensinai-os a observar tudo o que vos mandei. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos.

TODOS (cantando): Glória a ti, Senhor, toda a graça e louvor! (bis)

04. CONVERSANDO SOBRE A PALAVRA

1. O que Jesus quis para todo o mundo ao enviar os discípulos em missão?

2. Como hoje, em nossa cidade tão urbana, diversa, plural e em rápidas transformações podemos evangelizar?

05. BATIZADOS E ENVIADOS

D./ Reafirmando nosso compromisso de batizados e enviados vamos rezar o credo missionário, enquanto somos aspergidos com a água benta.

Lado A: Cremos que Deus nos escolheu desde o seio materno, nos chamou por sua graça e resolver revelar em nós o seu Filho, para que O anunciássemos (GL 1,15-16) até os confins da terra (At 1,8).

Lado B: Cremos ser missionários e missionárias por vocação, servos e servas de Jesus Cristo, escolhidos para anunciar o evangelho de Deus (Rm 1,1).

Lado A: Cremos que a missão não vem de nós, ela é a resposta ao Plano do Pai que, em seu imenso amor quer a salvação da humanidade, e, por isso, lhe “deu seu filho único, para que todo o que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3,16)

Lado B: Cremos que Cristo Jesus nos considerou dignos de confiança tomando-nos para o seu serviço (1Tm 1,12) missionário profético em nossas comunidades que querem “ver e encontrar Jesus” (JO 12,21), “Caminho, verdade e vida” (Jo 14,6).

Lado A: Cremos que, como batizados e batizadas, devemos “comportar-nos de maneira digna da vocação a que fomos chamados” (Ef 4,1) levando aos irmãos e irmãs o anúncio do Ressuscitado: “Vimos o senhor (jo 20,25).

Lado B: Cremos que é tarefa da Igreja continuar a missão iniciada por Jesus. Foi Dele que no dia da ascensão recebeu o mandato: “Ide, pois, e ensinai a todas as nações” (Mt 28,18s).

Lado A: Cremos que o Espírito Santo acompanha a Igreja em sua atividade missionária, pois Cristo prometeu “estar conosco todos os dias, até o fim do mundo” (Mt 28,20).

Lado B: Cremos na Igreja missionária, geradora de esperança, que caminha ao lado de todos e que anda nas estradas do mundo “sem ser do mundo (Jo 17,15).

TODOS: Cremos que Maria, estrela da evangelização, caminha com todos os missionários, ensinando-lhes a aceitar com alegria o pedido feito nas bodas de Caná: “fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5). Amém!

06. PRECES

D./ Pelo poder da Cruz de Jesus Cristo, que nos remiu digamos:

TODOS: Por vossa cruz, salvai-nos, Senhor.

1. Nós vos pedimos, Senhor, força e coragem para dar grandes passos na fé, para não sucumbir aos apelos de um mundo paganizado, para não darmos testemunhos contrários à nossa fé católica.

2. Nós vos pedimos, Senhor, a graça de sermos fiéis ao Batismo que recebemos um dia, de vivermos em comunidade essa fé que recebemos e de mudarmos o mundo para melhor a partir de mim.

3. Nós vos pedimos bênçãos e agradecemos por este local que nos acolhe, para que olhando para vossa Cruz, possamos alcançar graças e fortaleza para sermos fiéis e vivermos em harmonia.

4. Nós vos pedimos, Senhor, que seja afastado de nosso caminho todo o tipo de mal e dai-nos pela força da cruz as virtudes da obediência, paciência e principalmente amor ao próximo.

outras intenções

07. CONCLUSÃO

D./ Concluamos nossas preces, dando as mãos como família. Rezemos com amor e confiança a oração que Jesus nos ensinou: Pai nosso…

D./ Que a Virgem Maria, nos seja modelo de fortaleza e confiança.

TODOS: Ave Maria…

D./ Adoramos a tua Cruz, Senhor, aleluia !

T. / E glorificamos a tua santa ressurreição, aleluia !

D./ Estivemos e estaremos sempre reunidos em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo

TODOS: Amém.

Canto:

1. Quero ouvir teu apelo Senhor, ao teu chamado de amor responder. Na alegria te quero servir, e anunciar o teu reino de amor !

E pelo mundo eu vou, cantando o teu amor, pois disponível eu estou para servir-te, Senhor ! (bis)

2. Dia a dia tua graça me dás; nela se apoia o meu caminhar. Se estás ao meu lado, Senhor, o que, então, poderei eu temer !?…

EXPLICAÇÃO DA CRUZ MISSIONÁRIA

A cruz missionária recorda a Páscoa de Jesus que ilumina nossa vida e missão.

1. A haste está em forma de espiral ascendente. Recorda o movimento característico da missão, da encarnação em direção a Páscoa de Jesus, crucificado e ressuscitado que ilumina e transformando a realidade.

2. Os cravos, testemunham o martírio de Jesus na Cruz.

3. As flores que brotam da cruz, representam a vida nova que nasce da Páscoa de Jesus Cristo. Em meio a dor e sofrimento, Deus se manifesta e faz ressurgir a esperança e alegria do Evangelho.

4. A inscrição IHS, significa: Jesus, Filho de Deus, Salvador dos Homens.

5. Relíquia de Santa Nazária, fundadora de uma Congregação Missionária feminina na Bolívia.

A cruz missionária neste formato faz memória as missões jesuítas e a Evangelização dos povos da América Latina. Ela expressa o amor infinito de Deus e salvação da humanidade. Hoje, a cruz continua inspirando a evangelização dos povos e animando nossa espiritualidade da ação missionária.

<< Voltar